Feeds:
Posts
Comments

Sorriso e Olhar

Mas que tapa na cara o destino me deu!
Mas doeu?
Nem por um instante.
O sorriso de relance, visto pelo canto do olho
Foi que me agarrou com poesia, aquela alegria que outrora se perdeu.
O olhar me trouxe além da beleza, confirmou a absoluta certeza de que curta nossa história não seria.
E hoje me vejo hipnotizado, com olhar apaixonado e te chamando de princesa. Não é só pela beleza, é também um algo mais.
Aquilo que me fará capaz, com enorme disposição convidar a solidão a habitar outro lugar.
Porque daquele relance, fizermos surgir um romance. Que a cada beijo ou abraço,  cada dia junto que eu passo, é o coração que te diz: como me fazes feliz!

E nos conjugamos no futuro do pretérito!
como se fosse uma desgraçada poesia
tamanha sorte nossa, diferente poderia?
poderia! se nos houvesse algum mérito.

Há que existir esse futuro em outro plano
Haverão beijos, carinhos, sexo, pudor?
Também poderá haver um pouco de amor!
Lá eu poderei dizer o quanto te amo!

Vou te buscar para vivermos essa conjugação!
assim vou decorar em todos os pronomes!
não haverá esconderijos, tampouco codinomes!
Só a inocência do amor, de coração pra coração.

Também não haverá nenhum tipo de passado
Vamos nos ater apenas em nosso presente
Você viverá como eu, sempre sorridente.
Você será como eu, eterno apaixonado.

neste jogo do amor, eu perdi.
agradeço ao vento, que me avisou.
nobre sentimento que logo acabou.
este jogo do amor, que eu vivi.

antes de acabar, eu recordei
do toque suave em sua boca
da tua paixão, que não foi pouca
foi tanto amor! que aproveitei

tudo que faltou, foi liberdade
tudo que sobrou em pensamento
dia a dia, hora em hora, sem tormento

pra acabar assim, tamanha maldade
acabar quase que sem sofrimento
deixar em estado etéreo, felicidade.

E a gente fala de planos
a gente fala em querer
mesmo sem a gente poder
mesmo que já passem os anos

E a gente pensa na realidade
e cada vez que eu te vejo
me contenho! mas vem o desejo
carregado com tamanha maldade

De nos lembrar que o momento é outro
de contentar com teu belo sorriso
de não ter em mãos, o que mais preciso
de não deixar que o amor seja pouco

E o que chega pro final
é apenas um pequeno sentimento
que traz nada além de um alento
que outrora fora absoluto e maioral.

Dos sete pecados, quero todos com você.
Se for pela gula, que você me acompanhe no jantar
Se for pela ganância, que a gente se queira cada vez mais
Se for pela luxúria, que sejamos mais que perfeitos um pro outro
Se for pela ira, que afastemos quem nos queira mal com o perdão divino.
Se for pela inveja, que sejamos invejados pela nossa felicidade
Se for pela preguiça, que despertemos abraçadinhos e assim fiquemos por um dia inteiro
Se for pela soberba, que seja pela imensurável paixão que nos consome.

Eu quero gritar!
Devo me conter!
Eu quero te amar!
Não mais esconder!

Eu sonho assim
Com muita paixão!
Vem perto de mim
Traz teu coração.

Eu penso em cair!
Você me levanta
Não vou desistir
Assim que me encanta

Eu penso em beijar
Você na tua sina
Vem cá pra me amar
Te quero menina.

Quando

Quando você perguntar
Eu terei o que dizer
Quando você desejar
Eu vou te amar até o amanhecer

Quando você descobrir
Com alegria vou celebrar
Quando você decidir
Estarei pronto pra te fazer sorrir

Quando você acordar
Eu não vou me despedir
Quando você for dormir
Eu vou sonhar que estou ali

Quando você suspirar
Ë porque eu já te beijei
E quando você me beijar
Irei contigo até o fim