Feeds:
Posts
Comments

Archive for the ‘Contos’ Category

Penúltimas

Talvez não devesse tomar a atitude na qual pensava.

Ensaiou por semanas, pensava ter a cabeça feita. Viu e reviu os passos, teve a certeza de cobrir todas as falhas. Estava preparado.

As certezas são sempre variáveis em um mundo repleto de ações tomadas por outras pessoas. Esquecera se de que seus próprios fantasmas lhe fantasiavam uma realidade paralela. Onde ele era feliz, onde as nuvens eram esparsas, com um céu azul que irradiava o brilho do sol em suas têmporas.

Esqueceu de sair desse mundo, e por ter esquecido, imaginava que ela seguiria aquele roteiro perfeito. 

Mas ela não seguiu.

Assim ele viu novamente seu mundo cair,  sacodiu a poeira e mais uma vez fez questão de não aprender absolutamente nada.

Que venha a próxima “última” candidata, pensou.

Não será a última, pensamos nós.

Read Full Post »

Work-a-holic

A gaveta da cômoda aberta indica que ela saíra com pressa.
Atabalhoada, atrapalhada, porém sem antes dar uma última olhada no espelho antes de sair? Nunca.
Linda como sempre, relevou o apartamento às avessas, acelerou o passo naquele impecável sapato de salto e atravessou a fronteira lar/rua.
Lhe esperava um carro frio e úmido naquela manhã gelada, e mais uma dúzia de responsabilidades com clientes e com o chefe.
Pensou, pela enésima vez em largar tudo e curtir a vida. Não durou uma música esse pensamento. Já estava entre orçamentos e o planejamento do mês próximo.
A criança brincando pela janela traseira do carro à frente lhe resgatou para um tempo onde o sorriso sincero vinha mais fácil, e o prazer era alcançado na maior parte do dia.
Bons tempos, pensou.
Enfim, o trânsito cessou e permitiu-lhe estacionar na empresa. O glamour de uma vida sem responsabilidades e objetivos havia acabado.
Voltando ao normal Julie. 
Voltando ao normal.

Read Full Post »